quinta-feira, 25 de maio de 2017

Histórias de amor correspondido?


Eu ando a seguir uma história, assim ao longe, sobre um casal jovem que eu conheço. Eles eram colegas de turma e davam-se bem até que se aproximaram e começaram a namorar aos seus 18 anos. Depois de 5 anos de namoro, a rapariga "alega" que deixou de gostar dele e portanto decidiu terminar a sua relação com o rapaz. Até aí, tudo bem, sim senhora, gostei da atitude. Se não gosta, mais vale terminar do que andar a engonhar.

A história baralha-se um bocado, quando descobrimos que a rapariga já andava a falar sobre o assunto de ter deixado de gostar do namorado com um amigo dela, mas piora quando sabemos que esse amigo dela é um dos melhores amigos do namorado. Mas piora ainda mais, quando toda a gente sabe que esse amigo está perdido de amores pela rapariga desde sempre.

Basicamente, o rapaz está a passar um mau bocado, porque nota-se que gosta mesmo dela e ao mesmo tempo está magoado por saber que o confidente da namorada foi um dos seus grandes amigos. E portanto, anda naquela fase que não sabe pensar, ou seja, a meio da noite, ela liga-lhe a perguntar se ele quer ir ter com ela e ele vai logo a correr sem pensar duas vezes.

No meu ponto de vista, a rapariga está a jogar sujo. Diz que já não gosta dele, mas sabe que o tem na mão, portanto faz o que quer e lhe apetece. E ele feito parvo, deixa. Se já não gosta dele, deixai-o avançar com a sua vida.

Parece que estou mesmo a ver daqui a uns tempos, o rapaz conhece uma nova rapariga e começa a gostar dela e depois aí vem a outra a dizer que afinal ainda gosta dele. Estou mesmo a ver uma situação dessas a acontecer.

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Obrigada pelo esclarecimento

No meio de Abril, fui a uma entrevista de trabalho e informaram-me logo que o emprego em questão era para começar no dia 2 de Maio. Na entrevista fui muito bem recebida e foi tudo muito simpático comigo. Também fui informada que no final desse dia (ou o mais tardar, no final dessa semana) já iria ter uma resposta via telefone ou mail com boas ou más notícias.

O fim do dia chegou e notícias nem vê-las. O final da semana chegou e as notícias continuavam a não aparecer. Deduzi que não tinha ficado com o trabalho, qualquer pessoa deduziria isso. Com o aproximar do final de Abril, tornou-se bastante óbvio que não era eu que iria ocupar aquela vaga.

E o dia 2 de Maio chegou e passou e como é óbvio, eu não ocupei a vaga. Hoje, dia 10 de Maio, recebi um mail a dizer que lamentavelmente eu não tinha sido seleccionada para ocupar a vaga disponível. 


sexta-feira, 21 de abril de 2017

Exigências


Às vezes, pedem-me para fazer determinados favores que eu não tenho qualquer tipo de problema em fazê-los, mas sinto que esses favores vêm com determinadas exigências. Vêm com aquele tipo de paleio para cima de mim como "eu pago-te é para fazeres aquilo que eu quero"(por outras palavras), mas eu não sou paga para fazer o que quer que seja. Tenho que estar a aguentar este tipo de paleio?

Eu gosto de dizer que sou boa pessoa e que gosto de ajudar os outros, mas quem está a fazer o favor sou eu e ainda vêm com exigências para cima de mim? Só tenho a dizer que a cavalo dado não se olha o dente e ide-vos foder, sim? Tenho dito!

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Mudança... para melhor?


É impressionante como uma mudança errada da cor de cabelo deixa uma pessoa nova a parecer alguém bastante mais velha. No outro dia, vi uma rapariga da minha idade que já não via há uns meses e ela decidiu pintar o seu cabelo numa cor que eu não sei bem designar. Ela tem o cabelo preto, mas decidiu pintar em tons alourados, mas não é o cabelo todo. São assim umas madeixas esquisitas. Eu diria que quem lhe pintou o cabelo, não fez um trabalho mesmo nada bem feito (às tantas, foi ela que tentou fazer em casa).

A verdade é que passei por ela duas vezes no mesmo dia e não a reconheci nenhuma das vezes. Quando a voltei a ver, reparei que essa nova cor de cabelo a fazia parecer uma mulher com 20 anos a mais. Daí eu não a ter reconhecido. Posso mesmo dizer que não lhe fica mesmo nada bem. Ela deve ter à volta de 25 anos, com 20 anos a mais, parece uma mulher de 45 anos. Agora imaginem o quão diferente ela está, mas não é para melhor. As próprias mulheres de 45 anos devem parecer melhor do que ela.