domingo, 14 de fevereiro de 2016

Dia dos Namorados


Se o Dia dos Namorados me diz alguma coisa? Não, mas eu também não lhe perguntei nada, mas não deixo de dar um miminho ao meu namorado. Não, não lhe vou dar uma caneca com um coração, nem um relógio, nem nada onde se gaste dinheiro. Vou-lhe dar uma prendinha feita por mim, afinal, o que conta é a intenção, não é verdade? 

O amor devia ser festejado todos os dias e não num dia específico? Claro, há que demonstrar aquilo que sentimos todos os dias do ano, assim como o Natal é quando o homem quiser. Se quiser festejar o meu aniversário uma semana mais cedo, festejo e ninguém tem nada a ver com isso. Se quiser sair à rua mascarada em pleno Abril, também o posso fazer. 

Seja que dia festivo for, dia dos namorados, dia da mãe, dia do pai, dia da criança ou o nosso aniversário, deve ser relembrado durante todo o ano, mas haver um dia por ano a relembrar isso, não magoa ninguém.

8 comentários:

  1. Mas porque raio é que tem de haver um dia para nos relembrar?! Isso é que não acho bem! O dia dos namorados parece que só serve para fazer piurça às pessoas que não tem namorado. Como se ter namorado é que devia de ser a regra. Como ter pai, ou ter mãe. E causa imensas depressões e suicidos por volta desta altura! é bué estupido

    beijinho
    the-not-so-girlygirl.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não vejo nada por essa perspectiva :) acho um dia normal, não há que fazer piurça a ninguém, embora eu também ache que todo o consumismo neste dia é escusado. Mas não é regra nenhuma, quem tem, tem, quem não tem, não tem.

      Eliminar
  2. são dias especiais, como eu costumo chamar

    ResponderEliminar
  3. Eu tirei uma flor do meu jardim e ofereci-lha :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E esse pequeno gesto de carinho faz toda a diferença :)

      Eliminar