quarta-feira, 25 de maio de 2016

Não, é não!


Epá, detesto quando eu digo um redondo NÂO às pessoas e mesmo assim as pessoas interpretam isso como se lhes desse liberdade para continuar a insistir. Eu não lido muito bem com insistências, porque me provoca nervos a sério, mas não é daqueles nervos de começar a gaguejar... é daqueles nervos que me fazem apertar as minhas próprias mãos senão ainda espeto uma chapada a alguém. Eu disse NÂO, quantas vezes é que tenho de repetir?

6 comentários:

  1. Já desisti de perder a paciência com isso. Não vale a pena, as pessoas parece que não sabem ouvir NÃO!

    ResponderEliminar
  2. Eu também detesto quando fazem isso comigo, não percebo qual é a parte do NÃO que não entenderam.
    Gostei do blog e já sigo por aqui.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.pt/2016/05/shein-favorites.html

    ResponderEliminar
  3. Para mim "não" é "não" e não há volta a dar :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas há gente que não entende mesmo xD

      Eliminar