sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Carma

Há alguns anos atrás, eu tive um namorado que mal me deixou, começou logo a namorar com outra rapariga. Vim a saber mais tarde, que eles já namoravam antes de sequer terminarmos o nosso namoro. Sim, basicamente eu podia ter dado cabo daquele relacionamento, porque acho que a namorada dele não ia gostar muito de saber que o namoro deles começou de forma não muito apropriada.

Mas como eu sou uma excelente pessoa, decidi que não me ia chatear por causa disso. Até porque uns tempos mais tarde, conheci o meu actual namorado e hoje sou muito feliz com ele.

Ontem, soube que esse meu ex-namorado, afinal já não tinha namorada. Não faço ideia as razões desse término e não é que eu lhe queira algum mal, mas basicamente fui trocada por outra e não foi um sentimento nada bom na altura, mas como eu curto bué quando o Carma atinge certas pessoas, então não deixo de ter a seguinte reacção:

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Pensamento do dia


Às vezes, penso que... apesar de ser Outono... eu deveria estar na praia neste exacto momento. Estão 30ºC na rua, pá!

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Mudanças no blogger

Uma pessoa anda desaparecida durante um tempinho pequenino e quando volta encontra tudo diferente. Os seguidores do blogue só têm direito a aparecer no quadradinho se tiverem conta no google e para seguir outros blogues, também não deixa seguir só com a conta do blogger, tem que ser com os dados do google. Que raio se passa aqui?

Preguiça-mor


Às vezes, sinto-me de tal maneira preguiçosa, que tenho roupa para passar até ao tecto, mas arranjo uma desculpa qualquer para sair de casa só para fugir da roupa. O pior é que a roupa não foge e quando chego a casa, ela está exactamente no mesmo sítio onde a deixei. 

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

O que fazer?

O que fazer quando o blogue já não nos diz muito, mas queremos ter um blogue na mesma? Apagamos o actual e fazemos um novo? Ou apaga-se tudo do blogue e faz-se tudo do zero? Pessoalmente, acho que prefiro apagar e fazer um novo, assim como se se tratasse de uma nova casa. O que me dizem?