sábado, 28 de janeiro de 2017

Vítimas #2

Lembrei-me duma pequena situação que tive há uns anitos com uma amiga minha. Para perceberem a situação, vou-vos contar um bocado sobre mim. Eu tenho a mania que sei fazer uns desenhitos, então de vez em quando faço uns biscates nessa área. Parecendo que não, dá sempre jeito uns trocozitos a mais no bolso. 

Essa minha amiga pensa que os desenhos se fazem em 5 minutos, então veio-me pedir para fazer um certo tipo de trabalho simples (pensava ela). Sabendo que estava em época de exames e que mal tinha tempo de dar um peidito bem dado, disse logo que não me comprometia a fazer o trabalho. Mas não disse um "Não" disfarçado. Disse mesmo "Nesta altura é impossível. Não dá!" Não estive com voltas desnecessárias para dizer que não o ia fazer. Acho que fui bem explícita até.

Ela acabou por cagar no meu "Não" e disse "Pronto, pensa lá no assunto e depois diz-me alguma coisa!" à qual eu respondi que não precisava de pensar em nada e que a minha resposta já estava dada. 

Isto passou-se e umas semanas mais tarde voltou-me a ligar:

Ela: Então Emma, como ficou sobre aquele desenho?
Eu: Aquele que te tinha dito que não ia fazer?
Ela: Epá, anda lá, eu disse ao pessoal que já tinha falado contigo e que tinhas dito que sim.
Eu: Pois, realmente falaste comigo, mas eu tinha dito que não, portanto não tinhas nada que dizer isso.
Ela: Anda lá, senão quem fica mal vista sou eu.
Eu: Desculpa, mas não posso fazer nada. Desemerda-te!

E como é óbvio, quem acabou por ficar mal vista no meio do pessoal fui eu e não ela. Isto porque ela foi dizer que eu tinha dito que sim e depois chegou lá a dizer que afinal eu tinha dito que não. Basicamente, eu é que não me decido, porque aqui digo uma coisa e ali digo outra, quando na verdade eu estou inocente no meu cantinho sem fazer mal a uma mosca.

Fora esta situação, aconteceram muitas outras situações bastante mais graves do que esta. E essa minha maravilhosa amiga, anda agora aí armada em vítima a dizer que eu ando a falar mal nas costas dela, quando mais frontal do que aquilo que eu já sou, é impossível. 

7 comentários:

  1. Isto à com cada uma... Como se diz: é cagar e andar!!!

    ResponderEliminar
  2. Desemerda-te é a melhor palavra de sempre. Todos nós temos uma amiga assim, e pronto essa amigas que se desemerdem, bem que podiam deixar de ser assim tão vítimas mas não podemos fazer nada :p

    ResponderEliminar
  3. Sinceramente nessas situações apesar de difícil devemos ignorar, é a melhor resposta :)

    ResponderEliminar
  4. Típico -_- Pedem-nos coisas impossíveis, recusamos e ainda somos culpadas.

    ResponderEliminar
  5. Com amigas assim, vai lá vai....

    As pessoas parece que não sabem ouvir e processar um não.
    Fizeste muito bem em manter a tua posição!

    Beijinhos e espero ver-te em:
    Porty's Diary - Blog
    Porty's Diary - Facebook

    ResponderEliminar
  6. esquece, há pessoas que não valem a pena

    ResponderEliminar
  7. Epá... ao menos sabes com o que contar, não é?

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderEliminar