quarta-feira, 5 de julho de 2017

Mesquinhices


Tenho pena da mesquinhice das pessoas! Não só porque torna as pessoas mais parvas do que aquilo que elas já são, mas também porque, a certo ponto, não se tornam lá muito boas pessoas graças à sua mesquinhez. 

Tenho pena das pessoas que não consigam abrir a mente. Tenho pena das pessoas que não consigam pensar por elas próprias. Tenho pena das pessoas que vivem somente através das redes sociais e se esqueçam que têm uma vida por trás. Tenho pena das pessoas que só conseguem viver através das reclamações da vida dos outros. Tenho pena dessa gente toda. 

Mas o que me dá nojo, mas mesmo nojo e vontade de desatar à chapada com toda a gente, é ver gente com idade para ter juízo, não é gente com 20 ou 30 anos, é gente com menos de uma década para chegar à idade da reforma a discutir em praça pública as publicações dos outros no facebook. Mas esta gente não sabe ir fazer um arroz de feijão ou preparar a broa para se ir comer uma sardinha?

Quando eu pensava que já tinha visto de tudo, só me faltava ver uma cambada de pré-reformados amuados por causa das publicações dos outros nas redes sociais. E ainda dizem que é a juventude que está arruinada. Mas onde é que eu vim parar? Onde é que estão as lições de moral a dar aos mais jovens?

2 comentários:

  1. Há malta que parou no tempo. Ou regrediu. Ou não cresceu. Não sei bem, talvez não haja uma justificação lógica! :/

    ResponderEliminar
  2. Os mais velhos conseguem comportar-se de uma maneira muito mais deplorável do que os mais jovens nas redes sociais. É só ter estômago e olhar para os comentários nas notícias do JN, por exemplo.

    ResponderEliminar