sábado, 13 de janeiro de 2018

Let Yourself Go

Não sou muito de partilhar letras de músicas, mas ultimamente, existe uma música com a qual me tenho identificado bastante.  Isto porquê? Porque simplesmente já não posso ver o meu chefe à frente. Ele é de tal maneira desconfiado e estúpido que quando decide dar-me na cabeça, eu já não faço ideia por onde me enfiar. Se faço é porque faço, se não faço é porque não faço e eu começo a desconfiar seriamente que o homem sofre de TPM ou então está a entrar na menopausa, porque ninguém o entende. Nem dá para entender.

Isto chega a um ponto que só me falta levar as mãos aos ouvidos e começar a dizer lalalalalalalalalala só para não ter que o ouvir, mas como não posso fazer isso, começa a ser evidente o meu revirar de olhos. Começa a ser tão evidente porque o homem já topou que eu lhe reviro os olhos e ainda me pergunta  "Está-me a ouvir, Emma?" e eu prontinha para lhe mandar um peidinho à cara, respondo-lhe com toda a formalidade "Sim, sim chefe!".

E por isso mesmo, esta música poderia ter sido uma carta escrita por mim para o meu adorado chefe, porque ele em vez de confiar nos seus trabalhadores, passa a vida a reclamar do que não está feito e, pior do que isso, reclama do que já está feito, ou seja, nunca está nada bem feito para o homem. O homem não relaxa e por isso mesmo, não pára de reclamar, porque tem de existir sempre alguma coisa para reclamar.



Shut your mouth 'cause you're talking too much
And I don't give a damn anyway
You always seem to be stepping in shit
And all you really do is complain
Hitch a ride, tell'em all you like
Small minds tend to think a like

Shut your mouth 'cause you're talking too much
And I don't give a fuck anyway

Let yourself go, Let yourself go, Let yourself go
Let yourself go,, Let yourself go, Let yourself go,
Let yourself go, Let yourself go, Let yourself go,
Let yourself go, Let yourself go, Let yourself go,

Gotta let me go, gotta let it go
Gotta let me go, gotta let it go

Cut the crap 'cause you're screaming in my ear
And you're taking up all of the space
You're really testing my patience again
And I'd rather get punched in the face
You're getting on my every last nerve
Everything you've said I've already heard

I'm sick to death of your every last breath
And I don't give a fuck anyway

Let yourself go, Let yourself go, Let yourself go
Let yourself go,, Let yourself go, Let yourself go,
Let yourself go, Let yourself go, Let yourself go,
Let yourself go, Let yourself go, Let yourself go,

Gotta let me go, gotta let it go
Gotta let me go, gotta let it go
Gotta let me go, gotta let it go
Gotta let me go, gotta let it go

Always fuck fuckin' with my head now
Always fuck fuckin' with my head now
Always fuck fuckin' with my head now
Always fuck fuckin' with my head and I gotta let it go

Let yourself go, Let yourself go, Let yourself go
Let yourself go,, Let yourself go, Let yourself go,
Let yourself go, Let yourself go, Let yourself go,
Let yourself go, Let yourself go, Let yourself go,

Gotta let me go, gotta let it go
Gotta let me go, gotta let it go
Gotta let me go, gotta let it go
Gotta let me go, gotta let it go

5 comentários:

  1. Há ANOS que não ouvia isto! (até parece que sou muito velha xD)
    É um bom hino, sim senhor ahah

    ResponderEliminar
  2. Adoro a música!!
    Quanto ao chefe é respirar fundo e insultá-lo mentalmente xD

    Beijinhos,
    Inês do blog: umblogindisponivel.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Ao teu e a muitos outros chefes! Boa música. Beijinhos*

    ResponderEliminar
  4. Realmente, parece-me uma música que muitos chefes poderiam ouvir... ;P beijinhos!

    ResponderEliminar