sexta-feira, 21 de julho de 2017

RIP Chester Bennington


Ninguém merece chegar a casa cansada do trabalho, desesperada por um bom banho e por uma boa ceia e levar com a notícia em cima de que a minha banda preferida sofreu uma grande, enorme, gigante perda. Eu nem tenho palavras para descrever aquilo que estou a sentir, porque nem eu percebo bem o que estou a sentir. Apesar de tudo, conheci-o com 13 anos, cresci a ouvi-lo cantar e não consigo acreditar que já não o vou ouvir a cantar novas músicas. Só sei que o meu coração está desolado. 

Aqui deixo a primeiríssima música que conheci da minha banda preferida quando tinha 13 anos e a última música que conheci deles agora com 26 anos.



2 comentários: