quarta-feira, 4 de julho de 2018

Cortar confianças

Sinceramente, ando a ficar demasiado farta do meu trabalho. Habituaram-se a ligar-me por tudo e por nada, tanto que cheguei ao ponto de tomar a decisão de deixar de atender o telemóvel. A partir do momento em saio daquela loja, o meu próximo contacto com a loja é no meu turno seguinte, mas acho que ainda não entenderam isso, porque continuam a ligar-me à descarada.

Há coisa de duas semanas, tinha um fim de semana de folga que pedi, porque se não pedir, nunca na vida eu tenho um fim de semana em casa. Durante essa semana, ligaram-me todos os dias da semana, mas mesmo TODOS. Como não atendia as chamadas, mandavam-me mensagem com o que queriam. Ou porque era preciso ir entrar mais cedo ou porque era preciso ir tapar o turno de não sei quem ou porque não havia ninguém para ir fazer um trabalho qualquer e então lá tinha de ir eu... e a que achei mais piada, foi ligarem-me nessa Sexta-Feira a perguntar se podia gozar esse fim de semana noutra altura, porque não sei quem ia sozinho para a loja e eu tinha de ir também.

Parti-me a rir sozinha e como é óbvio, só apareci lá na Segunda-Feira como o que dizia o meu horário. Sim, a loja não tem mais nenhum trabalhador para ir, tenho de estar eu a comprometer as minhas folgas, porque alguém tem medo de ir para a loja sozinho. Era o que mais me faltava!

São coisas e propósitos sem fim para me passarem a vida a ligar. Chegam ao cúmulo de me ligar às 22h para ir entrar às 5h no dia seguinte e aí eu mando-os logo à merda. É que nem me chateio com nada! É como se nem tivesse visto mensagem nenhuma, porque já estava a "dormir" e apareço ao trabalho conforme o meu horário previsto.

A verdade é que não entendem a dica e continuam a ligar vezes sem fim, portanto desta vez tomei a decisão de bloquear o número deles, ou seja, eles ligam e a chamada é automaticamente bloqueada. Se quiserem que mandem mensagem e eu logo decido se "vejo" ou não a mensagem, porque estas confianças têm que acabar.

4 comentários:

  1. Fogo, que grande abuso :\ E até tens bastante paciência, porque com essa atitude merecem levar com uns berros.

    ResponderEliminar
  2. É mesmo um abuso! As pessoas não percebem que não temos que estar a pensar no trabalho 24 horas por dia nem que temos que estar à mercê dos outros.
    Fizeste muito bem bloquear o número deles.
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  3. É preciso cortar o mal pela raiz. As pessoas não tem noção!

    ResponderEliminar
  4. Há telemóveis em que dá para bloquear números. Para os que não têm essa funcionalidade, o antivírus Avast tem um aplicação que permite bloquear os chatos.

    ResponderEliminar